terça-feira, 1 de novembro de 2011

PREÇO DOS BILHETES DEVERÁ SUBIR

in Jornal de Negocios

"O agravamento do IVA de seis para 23% (escalão máximo) sobre o preço dos bilhetes vai ser absorvida por alguns clubes dos dois escalões profissionais de futebol, embora muitos defendam uma solução concertada. 

(...)

Na Liga de Honra também há clubes disponíveis para suportarem o aumento, como o Estoril-Praia, que vai "assumir o aumento do IVA na totalidade", segundo o presidente, Tiago Ribeiro. O vice-presidente do Arouca, António Jorge Teixeira, diz que o clube "irá manter os preços, embora fique prejudicado com isso". "Os bilhetes já são tão caros que se aumentarmos o preço vamos ter muito pouca gente no estádio", alertou António Jorge Teixeira.


Já Belenenses ou Desportivo das Aves dizem não ter condições de assumir o salto de 17 por cento no IVA, embora o clube do Restelo admita ainda uma alternativa que permita "arranjar uma situação de equilíbrio".

"Vamos ter de pensar muito bem e ver qual o impacto que essas coisas podem ter, porque não queria ver mais pessoas a afastarem-se. O objectivo é que haja mais pessoas a virem ao futebol e não que aquelas que já vêm, deixem de vir", afirma o presidente do Belenenses, António Soares. Quanto ao Desportivo das Aves, o líder Armando Silva admite que "muito dificilmente o clube terá condições para suportar o aumento do IVA"


Ligações: 
Jornal de Negocios - Clubes de futebol admitem não repercutir aumento do IVA no preço nos bilhetes

15 comentários:

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Zé Fernandes disse...

Assistencias Medias Desp. Aves na Liga de Honra:

2011/2012* - 588 espectadores
2010/2011 - 646 espectadores
2009/2010 - 620 espectadores
2008/2009 - 674 espectadores
2007/2008 - 818 espectadores

Fonte: LPFP

* A decorrer

fabioteixeira disse...

O dirigente do Aves deve andar um pouco desorientado, não deve ter a noção dos preços que praticam nos jogos! Se não suportarem o aumento do IVA mais de metade vão deixar de ir ao estádio (e eu sou um deles), actualmente paga-se 7€ (ultimo preço praticado) para um não sócio ver o jogo! ah, para não falar que para o visitante é mais barato (coisa que eu ainda não compreendi, porem alguém que vem apoiar o aves a pagar mais que o visitante)!É lamentável ler estas declarações da parte de um dirigente do Aves!

Anónimo disse...

é melhor leres bem a noticia.

fabioteixeira disse...

e li "um dos anónimo " <<< Quanto ao Desportivo das Aves, o líder Armando Silva admite que "muito dificilmente o clube terá condições para suportar o aumento do IVA">>>

Anónimo disse...

o que é lamentavel é vir para este blog um não socio dar liçoes a quem dirige o club.Primeiro faça-se socio, depois vá as assembleias expor as suas ideias.O clube é dos socios não é do Presidente e este e muito bem tem de prestar contas aos socios.Como é que um clube como o Aves pode suportar um aumento de 17% no IVA.

Anónimo disse...

Fábio pagas 7€ porque é o valor normal para público geral em qualquer estádio da II Liga, e obviamente não faz distinção entre adeptos da casa e visitantes. Tiago Sampaio

fabioteixeira disse...

ah? preço normal, queres que te diga quanto se paga no covilha? quanto é que vou pagar? digo te vou pagar 4€ para ir ver o aves! fazendo as contas e sempre passei as matemáticas é 7€-4€=3€, em suma são 3€ de diferença!

Caro anónimo ( deve ser assim como esta no BI ou CC ), por isso de nao assinar, se for a ver nao sendo sócio se calhar dou mais dinheiro que tu ao clube! Em segundo lugar cada um é livre de dar a opinião que quer! Mais uma questão é preciso ser sócio para comentar????

Anónimo disse...

Não é preciso ser socio para comentar, porque qualquer palerma como tu pode comentar, mas é preciso ser socio para se pudere fazer os comentarios que fizeste.Só lamento é a grande claque do clube te deixar ir no autocarro, para a Covilhã.

Anónimo disse...

Um adepto como o Fábio que acompanha o Aves, gosta de participar, pelo menos pelo que vejo aqui no blog e tem a mínima noção de como as coisas andam nestes dias, porque já não é criança nenhuma, devia saber entender melhor estas situações e enfim, dizer umas coisas mais inteligentes!

O clube já se tinha vindo a aguentar sabe-se lá como, com estes aumentos e por muito que nos custe, é quase inevitável vermos o nosso Desportivo a obrigar os adeptos a pagar o IVA a 23%!

Não concorda ninguém com isso, nem se é obrigado a aceitar, mas tenho de entender a posição deles.

Não é só uma pessoa que pensa e age dentro da organização e se tomarem essa medida, certamente será uma medida ponderada e com argumentos.

fabioteixeira disse...

Em primeiro lugar eu não vou no autocarro da claque, não preciso de ir com a claque para ir ver um jogo do aves! Em segundo lugar vocês não leram a noticia porque a maior parte dos clubes vai suportar o aumento do IVA ao contrário do Belenenses e do Aves! Mais uma coisa a esses sócios que se acham no direito de tudo e todos, para ti anónimo tem mais respeito a falar porque não me conheces de lado nenhum e se não tens maneiras aprende porque só assim te vou respeitar! ah, eu só disse a minha opinião e acho que uma grande maioria a partilha, não é fácil ir ver jogos e pagar o que se paga sabendo que existe campos onde se pagam menos ( conhecimento, uma coisa que esse anónimo não deve ter e maior parte também não) daí a minha opinião e, não retiro nada do que disse até agora!

Zé Fernandes disse...

não percebo qual é o problema de alguém dar a sua opinião construtiva livremente.

o problema de repercutir o aumento do IVA totalmente nos novos preços é que vai certamente levar a uma diminuição do número de bilhetes vendidos... não é garantido que um aumento dos bilhetes que incorpore a totalidade do novo imposto seja financeiramente favorável... tudo vai depender da reacção dos adeptos, ou seja, tudo depende se muita gente deixará de ir por causa deste aumento ou não.

é um problema complexo e de decisão difiícil.

mas talvez seja importante ler o artigo todo e perceber que tipo de receitas são isentas de IVA, como por exemplo a venda de lugar anuais (ver parte do artigo sobre o Vitória). talvez aumentando a venda de lugares anuais (que não tenho a certeza serem equivalentes ao pagamento dos cativos - ?) e baixando/mantendo o preço dos "bilhetes auxiliares" se possa garantir um bom equilíbrio e manter os encargos com IVA a um nível aceitável.

enfim, são apenas ideias soltas. não tenho a certeza que os meus pressupostos estejam certos, mas fica a sugestão e novas ideias para este fórum.

saudações avenses!

Anónimo disse...

Agora diz me Fábio vais pagar 4€ porque tens cartão de estudante è? è que eu não vejo só na Covilhã, e em todo o lado é 7€, e ainda o ano passado foram comprados bilhetes a 7€ na serra! Se quiseres esclarecer porque vais pagar 4€ eu agradecia, porque a mim não me comes de lorpa!

Anónimo disse...

Jogar num estádio Municipal de de uma Universidade, até devia ser um preço mais barato, senão completamente grátis.
Claro que os comentários devem ser livres e respeitados, mas o mesmo cuidado se deve ter com quem está á frente dos destinod do Clube.
Poucos serão os que estão por dentro das contas do clube (apenas os verdadeiros interessados), mas no próximo dia 10 do corrente mês, vou ter oportunidade de contar quem vai estar presente na assembleia de apresentação de contas.
Também já enche um pouco o choradinho de plantel mais barato.
Temos o que temos e é com muitas duvidas que vejo esse "mais barato".
Por isso, quem gosta mesmo, não é por pagar mais 50 centimos(?) que deixará de ver o Desportivo. Não chega sequer para pagar 2 ou 3 cortes de relva. Temos muito patrimonio, mas é dificil de o manter.
Concordo que é preciso inverter o envelhecimento da nossa massa associativa e como tal, a nossa direcção estará atenta, pois se os atletas da formação não fossem obrigados a ser sócios (embora com uma cota anual extraordinaria) a maioria dos nossos socios estão para lá dos 50 anos. Não esquecer que os sócios/reformados pagam metade.
São muitas despesas para poucas receitas.
Se o Presidente do clube diz que será muito dificil suportar o aumento do IVA,é porque sabe muito bem do que está a falar.
Mas como digo, no dia 10 de Novembro é uma boa oportunidade para se falar nisso.

Zé Fernandes disse...

obrigado pela informação... desconhecia a marcação dessa AG!