domingo, 4 de dezembro de 2011

AVES SOFRE MAS ESTÁ NOS QUARTOS-DE-FINAL

in Maisfutebol:

"O Desportivo das Aves está nos quartos de final da Taça de Portugal, mas não se livrou de um susto na recepção ao Ribeira Brava. A equipa da Liga de Honra dominou por completo o desafio, mas viu-se remetida ao prolongamento num lance fortuito do Ribeira Brava, muito perto do minuto noventa.

Depois de eliminar da prova o V. Guimarães, na última eliminatória, o clube nortenho chamava a si o favoritismo deste encontro, até porque jogava no seu reduto, e diante de uma equipa de escalão inferior.

Cedo o clube da Vila das Aves assumiu esse papel e controlou por completo as operações. Sem acutilância, o Desportivo ia dominando os espaços, tendo quase por exclusivo a posse de bola. Apenas ao quarto de hora a bola rondou pela primeira vez uma das balizas, num livre directo.

No primeiro tempo a equipa insular não foi capaz de criar qualquer lance de perigo junto da equipa avense. O Ribeira Brava era uma equipa organizada tacticamente, mas com visíveis limitações técnicas. Sem deslumbrar, a equipa da casa chegou ao golo aos 20 minutos, na ressaca de uma bola parada, com o defesa central e capitão Tiago Valente a marcar de cabeça.

Golos feliz, a punir a displicência local

A equipa que viajou desde a Madeira reagiu ainda antes do intervalo, com o treinador Carlos Graça a lançar Sérgio no encontro para o lugar de Delfino, mas sem grandes efeitos práticos. Apenas o adormecer dos locais permitiu ao Ribeira Brava dar sinais de vida. Aos 55 minutos Marques apareceu completamente isolado na cara de Rui Faria, mas permitiu ao guarda-redes a defesa.

Já quando poucos acreditariam numa reacção insular, o Ribeira Brava chegou ao empate num belo golo de João Pedro, ainda que fortuito. O número dez dos forasteiros rematou forte, de fora da área, e bateu Rui Faria que viu a bola passar-lhe por cima. Sem que nada o fizesse prever, a equipa da Madeira obrigou a mais meia hora de jogo. Penalização clara para a displicência da equipa da casa que baixou por completo as armas.

O Ribeira Brava entrou bem no prolongamento e logo nos minutos iniciais ficou muito próximo de dar a volta ao marcador. Anderson apareceu na cara de Rui Faria e driblou o guarda-redes avense, rematando depois ao lado, com a baliza escancarada.

Não aproveitaram o insulares, aproveitou o Desportivo das Aves para marcar através de Pires, em recarga a um remate de Pedro Cervantes. Bruno Freitas defendeu para a frente, mas apenas na segunda recarga Pires conseguiu fazer a bola chegar ao fundo das redes.

O Desportivo das Aves carimbou o acesso aos quartos de final da Taça de Portugal numa tarde fria de futebol raramente bem jogado. Os avenses fizeram-se valer do seu maior estatuto e do factor casa para vencer o apático Ribeira Brava, sem no entanto se livrarem de um susto que levou ao prolongamento.

Para a próxima eliminatória o clube da Vila das Aves já sabe que joga fora, e aguarda pelo desfecho do jogo entre o Leixões e a Académica.

O árbitro do encontro, Jorge Ferreira, não se deparou com problemas de maior usando sempre de um critério largo." - MAISFUTEBOL

FICHA DE JOGO:

Árbitro: Jorge Ferreira

Desportivo das Aves: Rui Faria; Geraldes, Tiago Valente, João Pedro e Nelson Pedroso; Tito, Pedro Cervantes e Bischoff (Ricardo Martins 62m); Pedro Pereira (Vasco Matos 77m), Pires e Renato (Quinaz 45m).

Treinador: Paulo Fonseca

Ribeira Brava: Bruno Freitas, Dário, Tiago Alves, Maurício, João Pedro, Marquinho (Canas 75m), Celsinho, Delfino (Sérgio 40m), Hélder, Marques (Anderson 75m) e Tiago Faria.

Treinador: Carlos Graça

Golos: Tiago Valente (19m); João Pedro (84m) e Pires (102m);

Disciplina: Amarelo para Tiago Valente (37); Sérgio (61m); João Pedro (86m). Hélder (92m), Pedro Cervantes (105m) e Dário (112m).

Oitavos de Final da Taça de Portugal - 4 de Dezembro
Moreirense 2-1 Torreense
Marítimo 2-1 Benfica
Estoril 2-2 Olhanense (2-4 g.p.)
Mirandela 1-1 Oliveirense (3-4 g.p.)
Desp. Aves 2-1 Ribeira Brava (após prolongamento)
Tirsense 0-0 Nacional (3-4 g.p.)
Leixões - Académica
Sporting - Belenenses

Quartos de Final - 21 de Dezembro
Belenenses/Sporting - Marítimo
Leixões/Académica - Desp. Aves
Moreirense - Nacional
Oliveirense - Olhanense

Ligações:
MAISFUTEBOL - Crónica da Partida

13 comentários:

Negrelos disse...

VENCEMOS!!!CONTINUAREMOS NA SENDA DO ÊXITO...FORÇA DESPORTIVO!!!

Anónimo disse...

Gostaria que me informassem o preço para ser-se sócio do Aves !

Zé Fernandes disse...

Anónimo: és estudante?

Anónimo disse...

Sou estudante universitário

Zé Fernandes disse...

então (se as coisas não mudaram muito recentemente) a quota mensal é de 2,5Euros e o preço do bilhete auxiliar é o mesmo. acho que só tens de mostrar o comprovativo de estudante. obviamente que por este preço não tens direito a cativo, apenas entrada na bancada central (mas tem havido sempre lugares, obviamente).

abraço

Anónimo disse...

Espectáculo então !
Sempre fui adepto do Aves, inclusive já joguei aí nas camadas jovens, mas depois sai porque fartei-me de jogar futebol, e hoje estou muito arrependido. No ano passado tentei tornar-me sócio mas não tinha forma de ir ver os jogos, agora com carta de condução é muito mais fácil e vou acompanhar sempre o nosso grande Aves !

HMachado disse...

Queria aqui deixar o meu comentário porque é facil qd se ganha ao V.Guimarães dizer que somos fantasticos e depois tudo é esquecido...e digo isto pq, porque é qd a equipa precisa que se veem os bons adeptos, porque basta estarmos empatados contra a uma equipa que ja mostrou bem o seu valor para alguns insultarem os jogadores e treinador. Peço a essas pessoas, que algumas raramente veem aos jogos que optem por não vir...esses adeptos pra mim não cabem na massa associativa do nosso Desportivo..
Obrigado

Anónimo disse...

E quem és tu para pedir a quem quer que seja para nao ir aos jogos? as tantas lol

As pessoas vao ao futebol se quiserem, anjinho.

Se o aves nao estava a jogar uma ponta, e nem sequer se estavam a esforçar em dada altura do jogo, as pessoas estavam se a sentir desiludidas, e entao?

Atina meu , deixem de mandar bitaites, porque se o aves tivesse perdido nao tavas aí com esse paleio.

Anónimo disse...

subscrevo o que o HMachado disse, e para o último anónimo, se lhe "serviu a carapuça", sugiro que tente rectificar a sua postura no futebol!

as críticas, guardem-nas para o fim, durante o jogo, só serve para desestabilizar mais os jogadores, ainda por cima estando o aves a atravessar uma boa fase (não sendo exuberante, não deixa de ser boa)...

não são precisos "pseudo-adeptos", que só puxam pela equipa quando é contra o vitória e/ou uma boa exibição!!!

FORÇA AVES

(já agora, para o último anónimo: toma a pastilha que estás muito nervoso!)

Anónimo disse...

Também subscrevo o comentário do HMachado. Ontem chegou-se ao rídiculo de um adepto, por a equipa ir a prolongamento, começar a dirigir lenços brancos ao treinador. Ontem parecia que haviam muitos adeptos do Ribeira Brava na bancada, pois os únicos jogadores a serem insultados eram os do Aves o que é triste.

Anónimo disse...

Os adeptos(cativos) do Aves são muito bons..
No jogo contra o Leixões mal sofremos o 3º golo foram logo embora como se tivessem mais que fazer e houvesse muito trânsito.
Agora até houve gente a ir embora no fim dos 90 min sem saber que havia prolongamento por ser jogo da Taça...
São bons é pra mandar ps tais "bitaites" sem perceberem um chavo de futebol.
Anónimo das 01:19h, o anjinho aqui és tu!

Anónimo disse...

É preciso chamar "anginho" a quem deixa aqui a sua opinião?
Acho estranho que quem vem a este espaço deixar a sua opinião, esteja sugeito a levar uma de anginho. Aliás já nem sei quem o é ou não...

A mim interessa mais saber que estamos nos quartos da Taça e o resto é conversa.

Preocupa-me é o campeonato onde estamos numa posição desagradavel.

Deixem a vossa opinião, sem que para isso menosprezem a dos outros.
Ás vezes até parece que há donos de opiniões.

HMachado disse...

Ao lançar o meu comentário nunca quis ferir a susceptibilidade de ninguém, apenas quis alertar, e para que pensem um pouco. E já agora qd dizem que os jogadores n dão o máximo, quem viu a cara deles no fim dos 90min viu que todos queriam lutar pelo mesmo, que n estavam satisfeitos consigo mesmos. E qd se vê isso é bom. Sente-se que existe um grupo unido.
Força Desportivo!